[história clínica] heartbeats

img_0153

img_0157

Mais um enfarte ontem à noite. A horas impróprias. Sempre achei que a minha equipa de banco tinha sorte nas noites, mas estas duas últimas começam-me a fazer pensar o contrário. Ultimamente, as noites têm sido um estado de sítio de doentes graves, a uma hora a que a cabeça já não funciona tão bem.

Era meia-noite e meia. Entrou um homem de 65 anos com cara de enfarte. Existe a cara de enfarte. Acinzentado, suado, muito ansioso, um certo esgar de pânico, mão no peito. Às vezes, quase nem é preciso fazer o electrocardiograma para ter o diagnóstico. Só veio confirmar.

Nem telefonei para o Hospital de Santa Cruz. Estou farto de ser insultado de madrugada. Transferi o doente para a cardiologia de Santa Marta. É a eles que eu gosto de entregar os meus doentes. Tratam-me bem, de sorriso aberto, sem críticas injustas, infundadas.

Regressei já de madrugada. Na ambulância, de pés pendurados em cima da maca, a ver a cidade já adormecida, a auto-estrada deserta. O dever cumprido.

Anúncios

3 comentários

Filed under história clínica

3 responses to “[história clínica] heartbeats

  1. também não gosto de entregar doentes meus a gente mal encarada…”és antipático? ‘tão já não te dou o meu doente…” 😛

  2. O merecido descanso do guerreiro depois de travada mais uma nobe batalha!

    Abraço

  3. Como te percebo. Por vezes quando entrego doentes em hospitais que não o meu, fico com a terrível sensação que o doente ficaria melhor na ambulância comigo que com os mal-encarados colegas que foram acordados a meio da noite.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s