Tag Archives: doentes

[momento lexotan] desesperos

Ontem vi o desepero nos olhos de um doente. Tinha estado cinco dias numa maca na urgência, ao lado de 60 outros doentes. Estava lúcido. Foi finalmente para a enfermaria, para um ambiente sossegado, contrastando com o caos da urgência.

Mas por engano, mandaram-no para uma cama que já estava ocupada. Tinha que voltar para o caos. Não se esquece a reacção do homem.

Deixem-me ficar aqui. Eu fico em qualquer cantinho.

Mas só há uma cama de mulheres, senhor João.

Eu não me importo. Eu juro que não me importo.

Não pode ser. Desculpe.

Então deixem-me ficar aqui só um bocadinho.

E ficou. Ali juntinho à árvore de Natal do serviço, sentado, inconsolável, a tentar que nos esquecessemos que tinha que voltar para o inferno da urgência.

Anúncios

5 comentários

Filed under momento lexotan

[momento lexotan] irritações

Porque raio é que eu me irrito tanto quando os familiares não levam os meus doentes quando eles têm alta?

Tenho menos trabalho porque põem-me lá outro doente que eu não conheço. Se o doente não é levado pela situação social, quer dizer que está curado. Só vantagens.

Tenho que trabalhar neste aspecto. Tentar não gritar a frase “Isto é um hospital, não um hotel!” ou “Quando o seu pai estava na Urgência, a senhora também queria que ele tivesse uma caminha na enfermaria, não era?“.

Tentar manter o lado zen da vida.

1 Comentário

Filed under momento lexotan