Tag Archives: Natal

[exame objectivo] inventário

Inventário do Natal por aqui. Dois livros de cozinha, um do Jamie Oliver, outro de técnicas de cozinha, uma verdadeira enciclopédia culinária. Um pijama e uma t-shirt da Throttleman, o do morcego. Uma camisola da Nike para correr, toda estilosa. Um casaco lindo. Umas calças de ganga. O último do José Rodrigues dos Santos. Um perfume, Eternity. O dvd do filme Fados, do Carlos Saura. Um guarda-relógios. Um daqueles vales para fazer provas de vinhos. Algum dinheiro. Sou um mimado, principalmente pela minha mulher. Não queria tanto, não queria quase nada, mas que é bom, é.

Anúncios

3 comentários

Filed under exame objectivo

[momento lexotan] gripados

Dois dias em Tomar, poiso adoptivo e onde me sinto bem. Dias para lareira, família e doces de natal. Custou muito de lá sair para uma urgência de sábado.

Ainda por cima uma urgência com ecos de cenário de guerra noutros campos de batalha (amadora, almada). Por aqui muita afluência, mas sem grande número de doentes internados. É a gripe, a famosa epidemia, com febre, dores no corpo, tosse e ranhocas. Mas não deixa de ser só gripe. E a gripe cura-se em casa.

2 comentários

Filed under momento lexotan

[momento lexotan] do they know it’s christmas?

A homenagem a todos os que estão hoje a trabalhar. Médicos, enfermeiros, portageiros, polícias. Pensem um bocadinho em todas as profissões que permitem que o mundo não deixe de girar neste dia.

Em seis anos de carreira, trabalhei em duas vésperas de natal e, este ano, farei a minha terceira passagem de ano. O natal dói. Pensa-se na família, no jantar, no quentinho da casa. Pensa-se na razão deste doente estar ali a esta hora quando podia ter vindo noutra qualquer. Pensa-se no destino dos doentes inadiáveis que, como nós, queriam estar com as famílias.

O natal custa a passar num hospital. As rabanadas no refeitório não sabem às da avó. A ceia é quase intragável. O ambiente um disfarce de possível entre macas e soros, como nos outros dias, só que hoje é natal.

Por isso, o meu abraço aos que lá estão que são os que me permitem estar este ano em casa. E sei que muitas mais vésperas de natal estarei por lá, para que estes possam estar em casa. É a vida.

5 comentários

Filed under momento lexotan

[exame objectivo] hoje à noite, nas badaladas

Desde quando é que no natal me sinto mais ansioso por ver a reacção dos outros aos presentes que para eles tenho, do que em receber os meus próprios? A idade tudo muda.

1 Comentário

Filed under exame objectivo

[momento lexotan] natal é quando um médico quiser

Diálogo telefónico hoje, com laivos de surrealismo.

[Marco o número.]

Estou? Bom dia. Fala do hospital de cascais. Sim, fala o médico assistente do seu pai. Não, não, está tudo bem com ele. Estou a ligar porque é natal e nós aqui no serviço de medicina costumamos deixar os doentes que estão estáveis, apesar de não terem ainda alta clínica… bom, deixamo-los passar a consoada em casa. A senhora vinha buscá-lo no dia 24 e viria trazê-lo no dia 25…

Pois, senhor doutor. Eu agradeço muito. Mas nós não temos condições para que ele passe cá a noite.

(silêncio) Mas era só para passar a consoada. Eu acho que ele ia ficar feliz.

Sim, mas eu fui operada há pouco tempo à barriga. E o meu marido está engripado…

Pronto, então ele passa cá o natal connosco. Custa-me, mas se não pode, paciência.

Pois, é melhor assim.

[fim]

Este doente é autónomo, apesar dos 85 anos. Come sozinho, vai fazer chichi sozinho, limpa o rabo sozinho. Está só internado porque tem uma infecção respiratória e ficou mais cansado. Só isso.

Duas vezes mais telefonei para casa de outros dois doentes. Duas vezes obtive a mesma resposta. Fica a boa vontade para o ano, talvez. Porque este ano, desiludi-me com as pessoas.

9 comentários

Filed under momento lexotan

[momento lexotan] white christmas

Ontem. Um banco filho da mãe. Não em volume de doentes (41 internados chegam muito bem) mas em gravidade dos que estavam. Doentes mesmo doentes, com ventiladores, entubações e catéteres venosos centrais à mistura. E a certeza de alguns natais estragados por esse concelho fora.

Pior que tudo, não pude ir ao jantar de natal dos meus amigos de sempre. Aquele jantar nosso especial.

Deixe um comentário

Filed under momento lexotan

[raio x] natal

Natal em Cascais, perto do hospital…

img_0169

… e da janela de nossa casa. Fica tão bonita, a igreja, no Natal.

cimg2233

Deixe um comentário

Filed under raio x