[exame objectivo] em casa de ferreiro

Uma palavrinha para explicar a minha ausência nos últimos dias. Tenho estado doente. É. Os médicos também adoecem. Aliás, não sei como é que não adoecemos mais com toda aquela bicharada a pairar à nossa volta. Febre, tosse, expectoração. E uma letargia muito pouco saudável. Aguardam-se melhores dias para voltar a refogar.

41 comentários

Filed under exame objectivo

[terapêutica] pessoal & transmissível

Gosto tanto de ouvir o Carlos Vaz Marques a entrevistar gente no Pessoal & Transmissível na TSF. Arrisco até a dizer que pouca gente sabe falar tão bem com outras pessoas. Quando não ouço na rádio, ouço em Podcast.

3 comentários

Filed under terapêutica

[momento lexotan] dia dos namorados é quando um homem e uma mulher quiserem. todos os dias?

Espaço criado para quem, como eu, não suporta o dia dos namorados, o halloween e outras americanices que nos têm sido impostas nos últimos anos e que não têm qualquer relação com a tradição portuguesa. Qualquer dia estamos a festejar o thanksgiving, também. Por isso, desabafem à vontade.

16 comentários

Filed under momento lexotan

[estetoscópio] raposas

Às vezes, os grandes álbuns passam-nos ao lado. Não dei o devido valor a isto quando me apareceu pela frente. Agora, meus amigos, estou um bocado viciado.

fleet-foxes-fleet-foxes-433077

5 comentários

Filed under estetoscópio

[exame objectivo] bem receber

É bom quando amigos descobrem o nosso blog. E é muito bom quando gostam do que está escrito e voltam. Por isso, obrigado, Susana(inha), Baeta, Ricardo e Leonor. Fazem-me continuar por aqui.

6 comentários

Filed under exame objectivo, Uncategorized

[exame objectivo] livrário

Sempre tive uma relação muito boa com os livros. Em criança era um desses devoradores de páginas de pernas cruzadas em cima da cama ou cabeça encostada ao braço do sofá. Nunca saía de casa sem um livro, fosse para férias, fosse para ir ao supermercado com os meus pais. Aproveitava todos os períodos mortos para avançar umas páginas.

Desde que sou médico, sinto-me a embrutecer. Os dias de banco e os dias a seguir não me deixam ler. Nos outros dias adormeço ao fim de uns míseros parágrafos. Os capítulos arrastam-se, os livros eternizam-se na mesa de cabeceira. Tenho que voltar atrás para me situar na história. E isto desgosta-me.

Queria prometer que vou passar a ler um livro por mês. Para mim, é o mínimo admissível. Quando me ponho a pensar na quantidade de livros que não vou ler na minha vida, angustio-me. Tenho que recuperar o tempo perdido.

Starting now.

12 comentários

Filed under exame objectivo

[estetoscópio] 1001 canções que têm que ouvir antes que seja tarde (16)

16. The Streets – Dry Your Eyes

Oh meu deus, que música tão boa. Isto podia muito bem ser a banda sonora da vida. Pois podia.

3 comentários

Filed under estetoscópio